Ainda mais espaço para o comércio eletrônico no chamado “novo normal”

Ainda mais espaço para o comércio eletrônico no chamado “novo normal”

Ainda mais espaço para o comércio eletrônico no chamado “novo normal” 1086 724 Blog TriCommerce Plataforma

A Covid-19 impactou na forma de fazer negócios e de vender online. Também acelerou a digitalização de produtos e serviços e aumentou a gama de clientes que fazem suas compras pelos canais virtuais. Mesmo com a previsão concreta de vacina, o “novo normal”, amplamente difundido na mídia desde o início da pandemia, veio para ficar e já reflete nos negócios de maneira concreta. Se escritórios fecharam as portas, o home office se consolidou como nova forma de operação. Se algumas lojas físicas tiveram de reduzir ou encerrar suas atividades, outras migraram totalmente seu negócio para o ambiente virtual.   

Pesquisas demonstram que muitos dos chamados “consumidores físicos”, ou seja, aqueles que faziam a maioria das suas compras em lojas físicas, migraram totalmente para o virtual. Também que a pandemia serviu para consolidar o mercado para alguns setores que tradicionalmente já vendem online, como eletrônicos e brinquedos, e para despontar o crescimento de outros, como saúde e serviços. Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, baseada em uma amostragem de mil consumidores espalhados por todo o Brasil, enfatiza que sete em cada dez brasileiros pretendem continuar comprando online mesmo após a pandemia e que 80% dos que realizam compras virtuais estão satisfeitos com a experiência. Esses dados revelam uma profunda mudança no perfil do consumidor, potencializada pela pandemia.

De acordo com pesquisa da Ebit-Nielsen, o crescimento das vendas online foi de 41% em 2020 e há a previsão de um incremento de 32% para 2021, mesmo com uma possível volta da mobilidade com o avanço da vacinação. Já a pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) aponta um crescimento nas vendas online de 68% em 2020, o maior salto já visto no Brasil para o setor. Os dados do índice MCC-NET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Economia Digital, indicaram crescimento de 73,8% no comércio eletrônico em 2020, puxado principalmente pelas regiões Sul e Nordeste.  Somado a isso, a Confederação Nacional do Comércio, Bens, Serviços e Turismos indica que a participação das vendas pela internet no varejo dobrou no último ano.

Apesar de algumas estimativas serem mais otimistas do que outras e haver diferenças nos números, a percepção de quem vende online é unânime e acompanha as pesquisas: as vendas feitas por meio de lojas virtuais aumentaram muito em 2020 e existe tendência de continuar aumentando ao longo de 2021.  O “novo normal”, somado à mudança de perfil do consumidor e ao significativo aumento nas vendas online, desenharam um novo cenário para o setor, que se profissionalizou ainda mais e se tornou mais competitivo.

Para acompanhar esta transformação, é necessário ter expertise e ferramentas que facilitem processos do dia-a-dia. Respondendo a esse objetivo, a Tricommerce é uma plataforma completa, que ajuda a gerenciar cada aspecto da loja virtual de maneira descomplicada. A ferramenta entrega tudo que é necessário para simplificar a burocracia de negociar online e para propiciar um ambiente em que o usuário se preocupe somente com o que realmente importa: seu negócio.

E-commerce e Marketplace do seu jeito

NÓS SOMOS O

TRICOMMERCE

Vendas – Marketing, Comunicação

Horário: 09:00 – 17:00
Endereço: Rua Silva Paes, 121 – Sl. 02, Cidade Alta – Bento Gonçalves
Telefone : +55 54 3055 0372